Acontece

6 dicas para viajar a trabalho em época de fim de ano

Viagens a trabalho no período de festas de fim de ano podem acontecer. Seja para fechar negócios antes do ano acabar, resolver problemas de clientes ou visitar possíveis novos mercados, elas são necessárias e podem trazer consigo um pouco de estresse devido ao momento mais agitado.

Para ajudar a passar por esses deslocamentos com menos aborrecimentos possível, confira abaixo seis dicas levantadas pelo presidente da AmTrav Corporate Travel, Craig Fichtelberg, para o site Buying Business Travel.

1. EVITE ESTACIONAR EM AEROPORTOS
Durante as festas, utilize aplicativos de economia compartilhada, como Uber e 99, para ir até o aeroporto. Chegar ao local e encontrar o estacionamento fechado ou lotado pode ser um pesadelo quando se está com pressa e viajando a negócios.

2. APROVEITE OS LOUNGES
Muitos acham que apenas uma passagem em classe executiva, um tipo específico de cartão de crédito ou status elevado de passageiro dão acesso às salas vip, mas isso está errado. É possível pagar um valor para entrar e utilizar do wi-fi, se alimentar e ser produtivo para a empresa, ao continuar suas tarefas profissionais.

3. TENTE NÃO DESPACHAR MALAS
De acordo o BTS, dezembro é um mês com alto índice de bagagens perdidas ou extraviadas. As chances de isso acontecer durante esse período de fim de ano crescem 33%. Se possível, não despache a mala. Caso seja necessário, faça isso o quanto antes a companhia aérea permitir, principalmente se houver um voo de conexão. Para uma viagem mais longa, utilize a lavanderia do hotel para não precisar levar muita roupa.

4. COMO CONSEGUIR LUGAR EM VOOS LOTADOS
Caso a reserva seja feita em cima da hora, as chances de se conseguir um assento são menores e é possível até que seja impedido, mas há algumas medidas que podem ser tomadas. Reserve em uma companhia aérea cujo viajante tenha um status superior – elas priorizam viajantes conhecidos em voos lotados.

Se não for possível comprar o bilhete da aérea preferível, faça o cadastro de passageiro frequente na companhia que será utilizada. Você terá prioridade sobre os que não possuem registro. Por fim, não compre as tarifas de economia básica. Elas possuem a menor prioridade.

5. FAÇA VOOS DIRETOS
Voos com conexão podem sofrer por causa de mau tempo. Em 2016, esta foi a causa de 33% dos atrasos. Caso a viagem seja via Estados Unidos, evite conectar-se por São Francisco, Newark, Chicago, Nova York e Denver, se possível. Suas porcentagens de voos no horário e taxas de atraso devido ao clima não os tornam os melhores locais para um bom dia de viagem.

6. SE NÃO FOR POSSÍVEL VIAJAR, FAÇA VIDEOCONFERÊNCIAS
Existe a possibilidade de o destino estar enfrentando tempestades ou nevascas. Nesses casos, considere não fazer a viagem. Em épocas do ano mais tranquilas, é mais fácil fazer a remarcação se um voo for cancelado. No entanto, no período de férias e festas, o viajante corporativo estará lutando por um espaço entre milhares de turistas que não querem perder um dia sequer da viagem a lazer.

Por isso, a internet e os meios de comunicação existentes são grandes aliados em momentos de frustração. Em caso de perda de voo, faça videoconferências com as outras partes do negócio.

x

x



x