Acontece

Amadeus foca em melhoria das formas de pagamento de TMCs

Os meios de pagamento estão sempre em evolução. Com a tecnologia cada vez mais avançada, novas opções surgem, substituindo o antigo faturado. Para o setor de viagens corporativas, seja qual for o método, é importante que eles facilitem a gestão das despesas e entreguem soluções de confiança e seguras.

“A indústria de viagens a negócios procura sempre segurança nas transações e uso dos cartões de crédito. O gestor de viagens ou uma TMC que envia o funcionário de uma empresa aos Estados Unidos, por exemplo, consegue enviar informações para o hotel, informando o que ele poderá pagar com este método”, explica o gerente de Novos Negócios da Amadeus, Leandro Bonfranceschi. Por meio das tecnologias, é possível controlar melhor os gastos dos colaboradores.

Em termos de inovação, o sistema de distribuição global está investindo em desenvolvimento de negócios e pesquisas. Para América Latina, o foco está voltado em ajudar as TMCs a melhorarem suas formas de pagamento. “Temos muitos clientes utilizando o B2B Wallet, que foi criado especialmente para o Brasil. Estamos sempre inovando em relação à integração com diferentes canais”, conta.

DivulgaçãoO gerente de Novos Negócios da Amadeus, Leandro Bonfranceschi
O gerente de Novos Negócios da Amadeus, Leandro Bonfranceschi
Outra área que a Amadeus está apostando é a de destinos ao fornecer informações a eles. A empresa está atuando auxiliando os locais em como elaborar as estatísticas e na forma como se promovem e divulgam para o viajante. “Fazemos isso com a Cidade do México, Colômbia, Equador e Argentina, por exemplo. “

Mesmo com a tecnologia em um alto patamar, as fraudes nos processos de pagamento ainda preocupam. Bonfranceschi conta que a Amadeus percebeu este problema há quatro anos e, desde então, trabalha para preveni-las. “Utilizamos os serviços de empresas, como as da Visa e da American Express, que são experts e possuem toda a tecnologia e conhecimento no assunto.”

Como tendência, o executivo enxerga uma evolução nas formas de autenticação dos clientes, como reconhecimento facial e leitura biométrica de retina. “Tudo que ajudar na identificação do usuário será um desafio. Se for possível autenticá-lo, as fraudes diminuirão cada vez mais”. Bonfranceschi acredita que é essencial tirar vantagem da tecnologia e estar sempre preparado para agir diante das constantes mudanças na indústria do Turismo.

x

x



x