Acontece

China aposta em TI para melhorar gestão de aeroportos

Tecnologia e inovação são a saída para que os aeroportos da China não entrem em colapso. Um estudo recente realizado pela Sita mostra que o investimento na indústria de tecnologia é indispensável para que o país asiático consiga administrar o crescente número de passageiros de seus terminais.

No ano passado os terminais chineses ganharam mais de um bilhão de passageiros em suas salas de embarque. O número representa aumento de 13% em relação a 2016 e atesta que esse crescimento ocorre em taxas exponencialmente muito altas.

Como solução, a TI tem sido a aposta. Em 2017 o investimento em tecnologia representou 5,6% das receitas, valor que hoje chega a 7,5% – a média global é de 5,69%. “A digitalização é uma prioridade para as companhias aéreas e os aeroportos da China. Nossa pesquisa mostra que 100% das companhias aéreas e 95% dos aeroportos já possuem uma transformação digital, em implementação ou planejada”, revela o vice-presidente e gerente geral de Ásia Oriental da Sita, May Zhou.

No levantamento realizado pela Sita, foram analisadas as taxas de implementação de TI em nova áreas diferentes de segurança cibernética. Tanto aéreas como aeroportos chineses superam as médias mundiais em todos os itens. “Isso mostra o compromisso e o reconhecimento da importância da segurança cibernética pela indústria de transporte aéreo na China”, afirma o estudo.

Fonte: Panrotas.com.br

x

x



x