Acontece

Confira 9 previsões para o mercado de viagens corporativas

O GTMC divulgou, durante sua conferência em Mônaco, um relatório que traz nove previsões para o futuro das viagens corporativas. Muitas delas já começam a mostrar sua força e tendem a ganhar cada vez mais espaço no mercado.
Confira quais são elas:
1- Os fornecedores continuarão a investir tempo e recursos na venda direta devido aos benefícios obtidos e às facilidades oferecidas pelas soluções tecnológicas, principalmente as móveis. Mas ainda que as companhias aéreas aumentem suas vendas diretas de 33% em 2016, para 45% em 2021. As TMCs aumentarão as suas em 66% no mesmo período;
2- Os buyers continuarão a preferir programas de gestão de viagens end to end. Que proporcionam visibilidade do custo total da viagem;
3- As empresas usarão programas que acompanharão toda a trajetória dos viajantes. Bem como o compliance de suas políticas e o ROI obtido por viagem.
4- Os sistemas de gestão de viagens medirão o desempenho do fornecedor em tempo real em toda a cadeia e contribuirão para a realização de viagens dinâmicas. Que permitam aos viajantes fazer escolhas dentro parâmetros anteriormente acordados.
5– As autorreservas serão canalizadas por meio de uma ferramenta capaz de optar pelos melhores fornecedores, com base em sistemas de inteligência comercial.
6- As companhias aéreas, os hotéis e as empresas de aluguel de automóveis não terão um único canal para comercializar. Mas venderão por meio de canais diretos e indiretos, com base na penetração do mercado, no reconhecimento da marca e na localização geográfica.
7- A participação de mercado das TMCs será definida pela qualidade do serviço em comparação com a qualidade do serviço oferecido pelo fornecedor;
8- A tecnologia continuará a melhorar a experiência do cliente e o canal direto irá evoluir e melhorar continuamente;
9- As TMCs continuarão a inovar, mas o cliente – e não o fornecedor – decidirá qual canal atende melhor às necessidades.

 

 

Fonte: Portal Panrotas

x

x



x