Acontece

Conheça 5 destinos europeus que apostam na sustentabilidade

A rede global de viagens de luxo Virtuoso destacou cinco destinos da Europa que, entre os seus maiores atrativos, se destacam pelas práticas sustentáveis. A lista inclui destinos da Noruega, Irlanda, Eslovênia, França e Holanda, que beneficiam o Turismo e o meio ambiente por meio da sustentabilidade.

Confira abaixo:

OSLO, NORUEGA

Considerada a Capital Verde da Europa para 2019, o destino ganhou prêmio ecológico da Comissão Europeia que destacou o alívio das mudanças climáticas, transporte local e biodiversidade. Há uma floresta protegida de 70 quilômetros quadrados, localizada a menos de oito quilômetros do centro da cidade. Além de ser um ponto de partida para cruzeiros de fiordes, a cidade tornou-se um lugar mais atrativo com restaurantes Michelin, bairros tranquilos e atividades de natureza.

BURREN, IRLANDA

Divulgação/ Burren National Park

Parque Nacional de Burren

Parque Nacional de Burren

Parte de uma rede dedicada à preservação do patrimônio geológico mundial, o local inclui o Parque Nacional Burren, que reúne túmulos neolíticos e os Penhascos de Moher, por mais de 17 quilômetros ao longo da costa do Atlântico. Empresas locais passam por treinamento de dez pontos em Turismo sustentável. Em 2017, o geoparque tornou-se parte da Rota Atlântica Europeia do Geoturismo, que liga paisagens geridas de forma sustentável.

BLED-VALE BOHINJ, ESLOVÊNIA

Divulgação/ Turismo de Bled

Destino esloveno de Bled

Destino esloveno de Bled

O país oferece vales verdejantes, lagos e nascentes termais com destaque para dois lugares chamados de Pérolas Alpinas. O primeiro deles é Bled, retiro histórico à beira de lago coberto pelos Alpes Julianos cobertos de neve e o outro fica no vizinho Vale Bohinj, uma série de regiões montanhosas dentro do Parque Nacional de Triglav. Além disso, o país tem tradições culinárias tradicionais, incluindo os vinhos produzidos a partir da uva teran eslovena.

BRETANHA, FRANÇA

Brittany Tourism/ Yannick Le Gal

Arquitetura da região francesa

Arquitetura da região francesa

A região oferece aldeias medievais construídas em pedra e imponentes castelos. Desde 2006, o Comitê Regional de Turismo da Bretanha tem investido pesado em desenvolvimento sustentável, incluindo a construção de quase 1,3 mil milhas de caminhos para ciclistas e pedestres. O destino também trabalhou recentemente com 20 restaurantes para reduzir o desperdício de alimentos.

NIJMEGEN, HOLANDA

Divulgação/ Nijmegen Tourism

Kronenburger Park, em Nijmegen

Kronenburger Park, em Nijmegen

Capital Verde de 2018 da Europa, a cidade mais antiga da Holanda foi pioneira na adoção de energia sustentável, usando turbinas eólicas para gerar energia para 10% dos moradores com o objetivo de se tornar neutra em energia até 2045. As rotas verdes da região incentivam o ciclismo e a caminhada, e está em andamento um projeto para criar cadeiras e bancos públicos a partir de lixo eletrônico.

Fonte: Panrotas.com.br

x

x



x