Acontece

Conheça ferramentas para planejar e economizar em viagens

Muita gente só pensa em comprar pacotes de viagem via agências de turismo presenciais pela praticidade e segurança. Mas será mesmo a única forma de viajar seguro e sem gastar tanto?

Viajar de férias ou mesmo a trabalho exige planejamento e organização para que tudo saia perfeitamente bem. Mesmo aqueles que gostam de aventura precisam analisar como montar um roteiro antes de partir para a diversão. Muitas pessoas ainda deixam tudo nas costas das agências de turismo e não tentam elas mesmas fazer. A preguiça se esconde atrás da facilidade e segurança passadas pelas agências. Mas por que você mesmo não pode fazer? Pode ser tão seguro e prático quanto a alternativa tradicional e ainda proporciona possibilidades de economizar um bom dinheiro.

 

Há um sem número de sites e aplicativos que podem, de graça, fazer simulações e soltar alertas de preços de passagens aéreas, hospedagem e até passeios mais em conta. Um caminho bem simples é através do Google e as soluções propostas pelo buscador norte-americano. A primeira parada é na busca da empresa. Segundo Camila Zoé Frias, gerente de Comunicação do Google, a viagem começa muito antes de embarcar. “A maioria de nós investe tempo e energia para planejar uma viagem. Parte desse planejamento tem a ver com economizar, mas também com escolher o melhor destino, montar o roteiro e achar um lugar ideal para ficar. A busca do Google é um lugar que faz parte dessa jornada para muitos viajantes. Por isso, sem ter que acessar outras ferramentas, uma vez que o usuário faz uma busca relacionada com viagens, aparecem caixas especializadas de buscas de voos (Google Flights) e de hotéis, que agregam informações para facilitar o processo de comparação de preços”, garante Frias.

 

Além disso, neste ano o Google lançou um novo site, o Google Travel ou Google Viagens (http://bit.Ly/2pIxcCI), que também oferece a possibilidade de procurar passagens e hospedagem e incorpora outros elementos que são essenciais, como passeios no destino e dicas de cidades que você deseja ou sonha visitar. Há até links para recordar antigas viagens e matar a saudade ou provocar um retorno para aquele destino já explorado. “Além disso, à medida que planeja a viagem, as buscas e reservas vão sendo organizadas na aba Trips”, afirma.

 

No Travel há duas ferramentas especialmente importantes. A primeira é o Hotéis. É possível localizar as opções de acomodação de acordo com seu bolso e sua vontade de ficar mais confortável ou mais próximo das áreas de lazer. Há um mapa do lado direito onde ficam marcados os hotéis e os preços respectivos.

 

O Flights ou Voos do Google também é uma ferramenta essencial – até mais completa que a Hotéis. Isso porque ele oferece o rastreamento dos preços. Dá para fazer quantos rastreamentos quiser. É simples e intuitivo.

 

O lado negativo: comprando direto no site da aérea, o parcelamento é menor (quando existe) e isso pode ser um peso maior no orçamento. O lado positivo: você fica livre dessa dívida mais rapidamente. Os lembretes vão chegar no seu e-mail se você solicitar e isso é uma ótima vantagem.

 

“O Google Flights é um agregador de opções que estão disponíveis nas companhias áreas e nas agências de viagens online. Trabalhamos para integrar diferentes fontes de informação com o objetivo de oferecer aos viajantes mais opções na hora de escolher como e quando viajar”, disse a gerente. É interessante notar que os preços do “Flights” já incluem as taxas cobradas nos aeroportos e mostram se você terá direito a bagagens ou não. Frias acrescenta que há as opções “Calendário” e “Gráficos de preço”, que ajudam a monitorar os valores ou a encontrar outras opções melhores para o viajante. “Além disso, com ‘Aeroportos por perto’, é possível usar o mapa para explorar outras opções de aeroportos na cidade de origem e destino e ver se vale mais a pena”, completa.

 

O Google Maps também serve para facilitar viagens. O usuário pode ver suas reservas de hotéis e voos diretamente do app. Além disso, o Live View usa Realidade Aumentada para facilitar o caminho até o ponto de destino. As funções estão disponível para celulares Android e iOS. Também, é claro, o Maps auxilia no deslocamento pela cidade. Não só de carro. A pé e também de transporte público. E ele ainda funciona off-line. Baixe os mapas das cidades destino e aproveite.

 

Há também outras ferramentas que podem ajudar. Uma delas é o Google Tradutor, que permite compreender diversas palavras e frases em 103 idiomas diferentes. “Com o Lens + Tradutor, é possível fazer a tradução imediata de textos impressos, mostrando o resultado sobre o objeto físico. Também é possível traduzir frases sem precisar digitar, usando apenas sua voz. O Google Tradutor faz a tradução instantaneamente entre duas pessoas falando idiomas diferentes, e ainda reproduz o áudio. É possível ainda utilizar o Google Tradutor off-line”.

 

Outras soluções

Não só de Google vive um bom planejamento. Soluções como Skyscanner, Kayak e Melhores Destinos são uma opção interessante para buscar promoções. Passagens aéreas, hotéis e aluguel de carro é o que oferece o Skyscanner. Cadastrando-se ou simplesmente adicionando seu e-mail, você pode receber alertas de preço para o destino que deseja. Mas apenas para passagens aéreas. O Kayak oferece, além de preços de passagens aéreas, hospedagem e aluguel de carro, pacotes para seus destinos. Se você se cadastrar, eles prometem até 35% de descontos. Outro site conhecido é o Melhores Destinos. Através dele ou do aplicativo você se cadastra gratuitamente e começa a receber e-mails ou alertas de promoções. Desta forma, pode economizar um bom dinheiro em passagens aéreas, conseguir promoções de seguros de viagem e mais.

“O medo de comprar pela internet tem diminuído, impulsionado pela facilidade de aquisição, rapidez e economia. Sites na área de turismo oferecem produtos com segurança e credibilidade. Também os de hospedagem, como o Airbnb, têm modificado, profundamente, a forma de vender o serviço. Estas facilidades de comercialização dos produtos turísticos são muito semelhantes às transformações ocorridas no setor do transportes, com o aparecimento da Uber”, afirmou Régis Azevedo, coordenador do curso de Turismo no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE).

 

YouTube

Se você não conhece o destino e quer viajar para lá é fácil ter informações. Além do Google, há blogs de turismo e canais do YouTube. Os vídeos, textos e fotos podem tirar suas dúvidas. As comunidades no Facebook também vão te esclarecer sobre como fazer aquele trecho entre Orlando e Miami, por exemplo, ou como comprar ingressos mais baratos para os parques de Orlando ou qual hotel é mais interessante para a viagem para Natal.

 

arte

Fonte: diariodonordeste.com.br

x

[recaptcha]

x




[recaptcha]

x