Acontece

Cruzeiros: conheça o melhor destino, porto e fornecedor de 2018

Foram revelados nesta semana, em Lisboa, os vencedores do prêmio do 12º Seatrade Cruise Awards de 2018, que elege os melhores do segmento de cruzeiro do ano. Seis áreas são premiadas: portos, destinos de cruzeiros, fornecedores, iniciativa ambiental, iniciativa de marketing e, ainda, o prêmio Shorex, que premia a empresa que tenha criado uma excursão inovadora nos últimos 12 meses.

Os premiados foram anunciados durante a feira Seatrade Cruise Med, que começou ontem (19) e termina hoje na capital portuguesa, e recebe cerca de 2,5 mil profissionais do setor de cruzeiros e 150 expositores.

Dubai, nos Emirados Árabes, levou o prêmio de melhor destino para viagens de cruzeiros de 2018, enquanto Dublin (Irlanda) venceu como melhor porto, e a empresa Adelte como fornecedora do ano – a rede espanhola fornece soluções de engenharia e serviços globais para portos marítimos e aeroportos.

Confira abaixo a lista completa dos vencedores e dos demais finalistas do top três de cada categoria do Seatrade Cruise:

PORTO DO ANO:
Vencedor: Dublin (Irlanda)
Finalistas: Martinica (França/Caribe), e Quebec (Canadá)

DESTINO DO ANO:
Vencedor: Dubai (Emirados Árabes Unidos)
Finalistas: Eidfjord Hardanger (Noruega) e Geraldton (Austrália)

FORNECEDOR DO ANO:
Vencedor: Adelte (Espanha)
Finalistas: DNV GL (Noruega) e Global Ports Holding (Turquia)

INICIATIVA DE MARKETING DO ANO:
Vencedor: Discover Saint John (Canadá)
Finalistas: Cultura e Turismo de Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos); e Capital Cruising – Forth Ports (Reino Unido)

PRÊMIO INICIATIVA AMBIENTAL:
Vencedor: Porto de Santo Domingo (República Dominicana)
Finalistas: JC Wetcleaning Services (Canadá) / Lankhorst Ropes (Holanda)

PRÊMIO SHOREX INOVADOR DO ANO:
Vencedor: Rainforest Adventures pelo passeio The Flying Dutchman (St Maarten)
Finalistas: Intercruises Shoreside & Ports Services, pelo programa de RSE Panda Sanctuary (China) / The Best Day Cartagena Tours, pelo passeio The Spanish Horse (Colômbia)

De acordo com organizadores do prêmio, uma formação internacional de juízes independentes selecionou os vencedores das seis categorias.

Fonte: Leonardo Ramos – PANROTAS

x

x



x