Acontece

Empresas gastam US$ 45 bi em viagens baseadas em projetos

As viagens de negócios com base em projetos representaram cerca de US$ 45 bilhões em hospedagem, transporte, refeições e outras despesas nos Estados Unidos no ano passado, de acordo com a Global Business Travel Association (GBTA).

O termo refere-se a viagens que giram em torno de um projeto, têm uma data inicial e final, uma duração de pelo menos quatro noites ou são recorrentes. As viagens baseadas em projetos representaram cerca de 15% de todas as despesas de viagens de negócios e 12% de todas as viagens corporativas em 2017, de acordo com um relatório da GBTA feito em parceria com o Intercontinental Hotels Group. Os principais destinos para viagens de negócios com base em projetos incluem Nova York, Los Angeles, Las Vegas, Chicago e São Francisco.

O estudo ainda constatou que os viajantes corporativos gastaram mais (US$ 679) em viagens com base em projetos do que em outros tipos de viagens de negócios (US$ 533), em parte devido a estadas médias mais longas e a orçamentos mais altos. Os custos de hospedagem em viagens com base em projetos são 142% mais altos do que em outros tipos de viagens de negócios: os viajantes gastaram US$ 15,9 bilhões em hospedagem, US$ 14,6 bilhões em transporte aéreo, US$ 7 bilhões em alimentos e bebidas, US$ 1,8 bilhão em entretenimento, US$ 4,2 bilhões em transporte terrestre e US$ 1,9 bilhão em varejo.

A fabricação, o setor imobiliário e os serviços profissionais foram os que mais gastaram em viagens corporativas com base em projetos, o que prevalece principalmente na indústria da construção.

Fonte: Karina Cedeño – PANROTAS

x

x



x