Acontece

GRU inicia operação de pousos e decolagens simultâneos

Entrou em operação no aeroporto de Guarulhos (SP) o Agile GRU, procedimento que permite pousos e decolagens de maneira simultânea. Chamada de Operação Segregada sob Condições Meteorológicas Visuais (VMC), o projeto promete maior eficiência no gerenciamento do tráfego aéreo e otimiza o trabalho dos controladores e tripulações no local.

O programa foi desenvolvido em conjunto pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), Aeroporto Internacional de São Paulo (GRU Airport), Infraero, Abear e Iata, com apoio da Anac.

A implementação é resultado do processo de decisão colaborativa, desenvolvido entre os órgãos, que envolveu etapas como a elaboração de novos procedimentos de navegação aérea, confecção de novas cartas aeronáuticas e a homologação dos procedimentos, com o propósito de aumentar a eficiência das operações do maior aeroporto do país.

De acordo com a área de operações de GRU Airport, desde 2004 estão sendo desenvolvidas medidas para melhoria do fluxo de aeronaves, em coordenação com a infraestrutura aeroportuária, o que pode resultar em menor tempo de espera das aeronaves em voo e em solo, redução de emissão de gases (CO2) e melhoria na pontualidade dos voos.

TREINAMENTO

Para gerenciar as operações segregadas em Guarulhos, 227 controladores de tráfego aéreo passaram por treinamento nos Laboratórios de Simulação do Instituto de Controle do Espaço Aéreo (ICEA), em São José dos Campos (SP). Ao todo, o treinamento somou mais de 4,8 mil horas de exercícios.

Foi utilizado um simulador de torre de controle em 3D para promover maior realidade aos testes. A simulação também foi uma oportunidade para treinar a fraseologia específica utilizada na operação. Todo o simulado foi desenvolvido com base em boas práticas aplicadas em outros países e adaptadas à realidade brasileira.

É estimado que o Agile GRU esteja em funcionamento durante 75% do tempo, justamente a média de tempo em que as condições visuais na região se mantêm ideais para pousos e decolagens.

 

Fonte: Panrotas.com.br

x

x



x