Acontece

Pesquisa da CWT aponta vantagens de viagens a negócios

Empresa especializada na gestão de viagens B2B4E (Business to Business for Employees), a CWT realizou uma pesquisa ponderando a opinião dos viajantes corporativos a respeito de sua rotina. O relatório mostrou que os pesquisados sentem que os aspectos positivos superam os negativos no trabalho (92%) e em casa (82%) quando viajam a negócios. Os viajantes das Américas são os mais entusiasmados, com 94% e 86%, respectivamente, seguidos pelos viajantes da Ásia-Pacífico, com 93% e 84%, e da Europa, com 89% e 77%.

“Viajar para um novo destino, conhecer alguém pessoalmente pela primeira vez, fazer contatos com pessoas que podem ajudá-lo a impulsionar seus negócios e carreira, além de sair da rotina, são alguns dos fatores mais interessantes associados a viagens corporativas, de acordo com nossas descobertas”, comenta o vice-presidente executivo e Chief Traveler Experience Officer da CWT, Niklas Andréen. “É importante reconhecer o valor que os viajantes corporativos enxergam e entender o que pode oferecer mais benefícios positivos em suas viagens”, complementa.

O levantamento ainda mostra que desenvolver confiança (39%), conhecer melhor as pessoas (32%) e aprimorar a eficiência (31%) são os três principais benefícios das viagens corporativas apontados por profissionais de todo o mundo.

Viajantes europeus valorizam mais conhecer as pessoas (37%), seguidos pelos viajantes das Américas (36%) e da região Ásia-Pacífico (25%). São também os europeus os que mais acreditam que encontrar as pessoas face a face seja eficiente (34%), seguidos pelos viajantes da Ásia-Pacífico (31%) e Américas (29%).

Tendência Bleisure

Outra vantagem de viajar a trabalho é a possibilidade de estender uma viagem para lazer. O número médio de vezes nos últimos 12 meses em que os entrevistados estenderam sua viagem é 2,4. Os viajantes das Américas assumiram a liderança, com 2,7 vezes, seguidos por 2,4 na Europa e 2,3 na Ásia-Pacífico. O número médio de dias, globalmente, foi de 4,3 dias.

A pesquisa também descobriu que as empresas apoiam as viagens “bleisure” principalmente se os funcionários pagarem suas despesas pessoais (76%), especialmente na Ásia-Pacífico (79%) e nas Américas (77%). As empresas na Europa ficaram em 70%.

Fonte: Panrotas.com.br

x

[recaptcha]

x




[recaptcha]

x