Acontece

Qualidade do sono é fator importante na satisfação do viajante

Com os gestores de viagens pretendendo melhorar a experiência de seus viajantes, eles precisam ter em mente que, quanto melhor a noite de sono de um colaborador, maior será a satisfação dessa pessoa com o hotel. Pode parecer algo óbvio, mas apenas 29% dos hóspedes têm uma qualidade de sono melhor do que a esperada, de acordo com estudo da J.D. Power.

A qualidade do sono é um dos componentes mais importantes da experiência de um viajante no hotel, oferecendo o potencial de gerar satisfação geral e fidelidade à marca. Os índices de satisfação aumentaram 114 pontos em uma escala de mil quando um hóspede dormiu melhor do que estava esperando, por exemplo.

E dos 29% que responderam que recebem essa experiência, 78% definitivamente retornariam ao hotel em questão e 71% se hospedariam em alguma propriedade da rede. O conforto da cama, tranquilidade do quarto, qualidade de lençóis e travesseiros e temperatura do quarto também são fatores contribuintes.

Outros elementos que ajudam na experiência positiva são a eficiência do check-in, uma reserva precisa e a equipe do hotel, oferecendo uma recepção calorosa. Quando qualquer um desses critérios de linha de base não é atingido, os índices de satisfação caem até 100 pontos.

Entre os 45 mil respondentes estavam viajantes a lazer, a trabalho e bleisure. No geral, os de lazer e bleisure estavam igualmente satisfeitos com suas estadas, marcando a experiência em 820 e 821 pontos, respectivamente. Os viajantes de negócios, no entanto, marcaram sua satisfação geral em 807.

A pesquisa deste ano foi reformulada, com mais propriedades incluídas – 85 marcas participaram em seis segmentos de mercado – e foram inclusas perguntas sobre acomodações alternativas, como as oferecidas pelo Airbnb.

Fonte: Panrotas.com.br

x

x



x