Acontece

Saiba por que o viajante de negócios gasta mais quando estressado

Durante o SAP Forum, que acontece no Transamérica Expo Center (SP), a diretora da Academia de Viagens, Patricia Thomas, ressaltou a importância de olhar para as necessidades do viajante.

“Estudos mostram que o viajante estressado gasta mais, o que é compreensível, já que para os funcionários que viajam com muita frequência tudo se torna um fator de estresse e eles vão querer pegar o melhor voo para voltar para casa, entre outros fatores. É preciso que os gestores sejam mais estratégicos e cuidem do viajante como ele merece, afinal, isso resultará em qualidade para os dois lados”, comenta Patricia.

O diretor da HRS para a América Latina, Alexandre Oliveira, ressaltou que tão importante quanto corrigir erros é evitar que eles aconteçam.

“Na América Latina, 19% das reservas de hotel são feitas em tarifas diferentes das que foram negociadas e as empresas gastam 14% a mais com isso. O que significa que mesmo que a corporação consiga negociar preços mais baratos, não vai fazer tanta diferença por causa desse prejuízo nos gastos”, comenta Oliveira.

Fonte: Karina Cedeño – PANROTAS

x

x



x