Acontece

Satisfação do viajante também deve ser medida após a viagem

Os gestores de viagens devem acompanhar o viajante em toda a sua trajetória, não se esquecendo dele depois que a viagem termina.

“É imprescindível que os gestores perguntem a seus funcionários que retornam de viagem como foi a experiência dele. Muitas vezes o fato de o viajante não comentar nada quando volta não significa que esteja tudo bem”, ressalta a diretora da Academia de Viagens, Patricia Thomas, durante o Abroad Corporate, lembrando que um viajante engajado dá mais retorno para a empresa.

“Além disso, é fundamental que os gestores se atentem mais a detalhes sobre os aeroportos por onde o viajante passará, principalmente em casos de conexão, observando se o local oferece áreas de trabalho ou locais para dormir e tomar banho, por exemplo. São pequenos detalhes que podem aumentar consideravelmente o nível de satisfação dos viajantes”, destaca a sócia diretora da Academia de Viagens, Viviânne Martins.

As informações foram destacadas durante o Abroad Corporate, realizado no Novotel Morumbi (SP).

Fonte: Karina Cedeño – PANROTAS

x

x



x