Acontece

Veja fatores importantes para brasileiros durante viagens

De acordo com pesquisa da Accor, os viajantes brasileiros são otimistas, românticos e conectados. Para 76% dos entrevistados, o maior percentual dentre os ouvidos, “alegria” é a principal emoção provocada pelos preparativos para viagem. Também foram citadas “diversão” e “curiosidade”, entre outras emoções.

E os hotéis são parte dessa experiência. Para muitos brasileiros, a hospedagem é um ambiente para se aproveitar. É um espaço exclusivo, sinônimo de hospitalidade (48%), bem-estar (43%) e também segurança (35%). Alguns dos serviços que devem ter na hospedagem são: café da manhã sempre fresquinho (66%), limpeza profissional (50%), cama de qualidade (62%), ar-condicionado (65%) e um barman disponível (12%). Sendo que a falta de conexão com internet (45%) e acomodação não compatível com a divulgação (17%) são os principais fatores a estragar a viagem de brasileiros.

Quanto à companhia para a viagem, os brasileiros preferem estar com quem é mais próximo, a começar pelo seu companheiro(a). O item foi indicado por 94% dos entrevistados – contra 60% em média nos demais países sondados. Os amigos vêm logo depois, com 93% das citações. Até os sogros obtiveram bom resultado (54%).

Já o perfil do turista brasileiro revela que descansar não é tão atraente. Eles buscam ter sempre algo para fazer durante o passeio, visitar os pontos principais da cidade e conversar com todos. E quem acha que o improviso é tradição vai se surpreender: 71% dos brasileiros preferem planejar o roteiro. Sendo que 68% preferem destinos turísticos tradicionais e 74% procuram por lugares e pessoas novas.

O estudo foi encomendo pela Accor à GFK com o intuito de compreender o comportamento de turistas ao redor do mundo. A pesquisa foi realizada entre os meses de abril e maio, com viajantes entre 18 e 65 anos, que visitaram destinos internacionais pelo menos uma vez nos últimos 12 meses. Brasil, Estados Unidos, China, França, Inglaterra e Emirados Árabes estão entre os 11 países pesquisados. Foram ouvidas, no total, 3,3 mil pessoas.

x

x



x