Acontece

Veja o efeito das eleições até agora no segmento corporativo

O período das eleições 2018 está prestes a acabar e, com isso, ao menos o segmento de viagens e eventos corporativos, ou apenas Mice, já mostra sinais de reação nos negócios. De acordo com uma enquete realizada pela Alagev nesta semana com seus associados, foi observado um aumento na cotação de eventos e retomada nas viagens internacionais a trabalho, resultando em otimismo para o setor.

“A eleição deste ano, mais que um debate de ideologias, está volatilizando o mercado e impactando o segmento. A nossa enquete mostra que há movimentos interessantes. Nossos associados, inclusive, já começaram a registrar melhorias nos negócios”, afirmou o diretor executivo da associação, Eduardo Murad.

De todos os respondentes – foram 38 associados -, 24% afirmaram sentir impacto positivo em relação ao resultado do primeiro turno, e revelaram um aumento nas viagens de negócios ao Exterior e na cotação de eventos. Por outro lado, 21% dos entrevistados apontaram uma repercussão negativa, que resultou em queda de volume de viagens.

Boa parte dos entrevistados, porém, acredita que as maiores oscilações só serão percebidas após a decisão final, que acontece neste domingo (28) – 63% apontaram não perceber grandes alterações no mercado até agora.

Ou seja, para os associados isso significa que até a definição do novo presidente da República, os investimentos estarão em stand-by, e na próxima semana que os principais efeitos serão sentidos.

MEDIDAS PARA MELHORAR O SETOR

No mesmo estudo, a Alagev perguntou aos fornecedores quais as principais medidas para melhorar o setor. Os três itens mais citados foram redução dos impostos, melhoria de infraestrutura e redução de taxa de juros.

Em relação aos efeitos nas viagens e eventos corporativos, 29% dos fornecedores revelaram que tiveram uma melhora nos negócios, contra 11% que tiveram uma piora – 60% apontam que não tiveram maiores oscilações ainda, positiva ou negativamente.

GESTORES

A enquete ouviu, por fim, 19 gestores de viagens e eventos corporativos sobre o assunto, e 89% disseram não terem notado grandes mudanças até o momento.

Sobre as medidas que devem ser tomadas para melhorar o setor, a mais citada foi melhoria na infraestrutura, seguida da redução da taxa de impostos e, em terceiro, um empate entre redução da taxa de juros e revisão da CLT.

Fonte: Panrotas.com.br

x

x



x