Acontece

Viajantes corporativos preferem ferramentas digitais para reservas

 

Uma pesquisa recente com viajantes a negócios descobriu que a maioria deles prefere gerenciar suas reservas de viagens digitalmente do que lidar com um agente. De acordo com a CWT, 69% dos entrevistados têm preferência por reservar voos na internet em vez de ter interações humanas.

Esse número aumenta para reservas de hotéis, com 78%, transporte terrestre, 71%, e check-in aéreo, com 68%. No entanto, os colaboradores ainda preferem falar com uma pessoa real quando vão se registrar em seu hotel (46%) ou na hora do check-out (51%).

“A tecnologia está se tornando cada vez mais dominante no ecossistema de viagens. As interações digitais estão assumindo o controle, de modo que o setor de deslocamentos deve continuar evoluindo para oferecer às empresas e aos seus funcionários a experiência que desejam e esperam”, conta o diretor de Tecnologia da CWT, Andrew Jordan.

A pesquisa também mostra que, enquanto 45% de todas as viagens são reservadas por meio de um computador de mesa, os smartphones estão se recuperando. Quarenta e um por cento das reservas foram feitas via celular neste ano, em comparação com 32% em 2018. Tablets estão em terceiro lugar, com 11%, enquanto apenas 2% dos entrevistados disseram receber ajuda de um agente.

Os respondentes mostraram ainda sinais de estarem conscientes de sua quantidade de viagens, com oito entre dez dizendo que usaram a tecnologia em vez de viajar fisicamente para fazer negócios no ano passado. Um quarto o fez cinco ou mais vezes.

“O viajante corporativo moderno quer ser capaz de tomar decisões imediatamente, em sua conveniência. Por isso, as empresas precisam capacitar seus funcionários para ter esse controle e dar a eles as ferramentas necessárias, como aplicativos móveis, para melhor equipá-los em sua jornada”, finaliza.

Fonte: Panrotas.com.br

x

x



x