Acontece

Veja tendências para reuniões e viagens de incentivo

Há algumas semanas, a empresa Acendas Travel recebeu mais de 50 profissionais para um simpósio anual de viagens corporativas com clientes, fornecedores, consultores do setor de viagens e funcionários.

Muitos desses indivíduos gerenciavam ou ajudavam a coordenar reuniões e atividades de incentivo para as suas empresas. Consequentemente, os debates promovidos no evento trouxeram à tona temas relacionados ao setor e tendências para este ano.

Confira a seguir alguns insights que podem ser aproveitados:

1-Reuniões não estão diminuindo; pelo contrário
Os participantes do evento contam que não veem uma diminuição nas reuniões. Pelo contrário, a realização delas é vital para aprimorar as comunicações, desenvolver estratégias, construir relacionamentos etc. Esse prognóstico é apoiado por um relatório da Business Travel News, que indica um aumento de 5% na demanda por espaços para reuniões em 2019.

2- Viagens de incentivo estão em ascensão

As viagens de incentivo também estão crescendo porque são vistas como uma ferramenta positiva para fortalecer a cultura da empresa, de acordo com um estudo publicado pela Fundação de Pesquisa de Incentivo. As vendas e a rentabilidade ainda são as principais razões para patrocinar essas atividades, mas “construir melhores relacionamentos entre funcionários e gerência” é o segundo fator mais valioso. Como resultado, 54% dos compradores de viagens de incentivo tiveram um aumento nos orçamentos de 2018, com uma despesa de incentivo por pessoa de US$ 1 mil a US$ 4 mil a mais do que em 2016.

3- Encontrar espaço para reuniões é um desafio crescente
Se os profissionais estão tendo problemas para conseguir espaço para suas reuniões, imagine como é difícil para os funcionários que não são treinados ou que não lidam diretamente com essas funções. Como consequência, as reservas estão se movendo para propriedades de luxo – e isso significa que as despesas provavelmente aumentarão.

4 – Resultados em tempo real

O termo “reunião simples” não é mais um desafio. Com as tecnologias de terceirização de hotéis, os planejadores agora podem fazer tudo on-line, solicitando quartos, espaços e serviços sem incômodo ou atraso. De acordo com a Business Travel News, o tempo de espera para agendar pequenas reuniões é de mais de 30 dias e mais de 75 para as maiores.

5- Valorização do retorno sobre o investimento
Apesar do apoio dos líderes das empresas para as atividades de reunião e incentivo, também haverá pressão por retornos sólidos e muita atenção ao resultado final. Isso significa que os profissionais de planejamento de reuniões serão um recurso valioso para as empresas atingirem esses objetivos. Os dados mostram que as empresas com programas de reunião de alta qualidade economizam 22% em tempo e 19% em tarifas de quarto de hotel. É compreensível que as empresas procurem poupar dinheiro não alugando os recursos de uma empresa de planejamento de reuniões profissional. No entanto, os dados mostram que, no que diz respeito às reuniões, ser prudente pode acabar sendo uma tolice – e evitando o alcance dos objetivos.

Fonte: Panrotas.com.br

x

x



x