Acontece

Viajante retido no Exterior: confira algumas dicas

Em meio à pandemia da covid-19, um número crescente de pessoas se encontram presas no Exterior. Cada vez mais companhias aéreas estão cancelando voos, países estão emitindo restrições de viagens e há muita confusão entre governos, transportadoras e passageiros. Veja a seguir algumas dicas levantadas pelo Simple Flying para ajudar em casos como este.

Contate a companhia aérea ou agente de viagens
Se a reserva foi feita diretamente pela companhia aérea, consulte o site para obter informações. No decorrer da crise, algumas aéreas já cancelaram serviços e abriram voos de repatriação. Outras fizeram uma inversão de marcha e decidiram não cancelar completamente os voos. Caso a reserva tenha sido feita por meio de um agente de viagens ou TMC, é melhor entrar em contato com a agência para obter assistência.

Mesmo que algumas companhias tenham cancelado voos, isso não significa que não seja possível voltar para casa. A maioria delas tem parceiros, o que pode transformar uma viagem sem escalas em uma com duas conexões, no entanto, é melhor retornar do que ficar preso no Exterior.

Contate o seguro-viagem
Vale a pena entrar em contato para explorar as opções disponíveis, se um seguro-viagem tiver sido adquirido. No caso de despesas adicionais que não foram planejadas anteriormente, as seguradoras de viagens podem oferecer um reembolso de alguns custos. Embora nem todo seguro cubra cancelamentos de voos, é interessante checar todas as possibilidades.

Entre em contato com a embaixada ou consulado

Caso o viajante fique sem opções, talvez seja hora de entrar em contato com a embaixada ou consulado, já que alguns países estão organizando voos de repatriação. A embaixada também pode ajudar a encontrar acomodações alternativas ou rotas para casa. É também uma boa ideia verificar os avisos e conselhos de viagem do consulado antes de viajar.

Antes de viajar
Se for necessário viajar para o Exterior – muitos governos e agências de saúde alertam contra viagens não essenciais –, é melhor se preparar com antecedência. Adquirir um seguro-viagem que cubra possíveis cancelamentos de voos, encontrar maneiras de acessar fundos adicionais se precisar gastar mais tempo do que o planejado, o que inclui levar dinheiro extra para troca, entrar em contato com bancos e garantir que os fundos possam ser acessados no fora do País e notificar amigos próximos ou familiares as viagens são algumas das opções.

Fonte: Panrotas.com.br

x

[recaptcha]

x




[recaptcha]

x