Dicas de Paris: o que fazer, como chegar, quando ir e outras informações

1357

Written by:

Sharing is caring!

A Cidade Luz, para muitos, é a mais bela capital da Europa. Paris é o berço da arte, do iluminismo e da arquitetura do velho Mundo, charmosa, romântica e cheia lugares mágicos e imperdíveis. Seus cartões-postais são mundialmente conhecidos e despertam o desejo de conhecer um lugar com tanta história e beleza.

A energia parisiense contagia a cada caminhada por suas ruas, praças, museus e igrejas seculares. Os apaixonados são privilegiados por poder contar com tantos recantos para demonstrar o amor. Paris se tornou o centro das atenções e é uma das cidades mais influentes do mundo.

paris

A capital francesa está dividida em 20 bairros chamados arrondissements. Todos eles numerados a partir do número mais baixo e mais central de Paris. Para quem quer conhecer a fundo essa cidade, a Casablanca Turismo oferece várias dicas que vão deixar a viagem muito mais completa e inesquecível.

paris

Como chegar

O Aeroporto Internacional Charles de Gaulle recebe voos de todas as partes do mundo e de várias capitais brasileiras. Saindo de Fortaleza, Rio de Janeiro ou de São Paulo há as companhias Airfrance/KLM e LATAM, com voos diretos (apenas a KLM faz voos diretos saindo de Fortaleza)Para quem já está na Europa é possível aproveitar as ofertas das empresas que operam com low cost, como a easy jet, por exemplo, que sempre tem bons preços para Paris. O aeroporto de Orly é menor e recebe mais vôos fretados ou aeronaves que vem de destinos franceses.

Trem

O trem também é um meio de transporte muito interessante caso o viajante já esteja na Europa. Há várias estações nos principais bairros, sendo a mais famosa movimentada, a Gare du Nord. O trem de alta velocidade Eurostar faz o trajeto de Londres a Paris em pouco mais de duas horas, viajando por um túnel sob o Canal da Mancha. Já trens provenientes de outras regiões da França, Espanha e Portugal chegam a Paris pela Gare d’Austerlitz.

Quando Ir: Primavera e outono

As melhores épocas para visitar Paris são no fim da primavera, no mês de junho, e no fim do verão, no mês de setembro. Em agosto o verão normalmente é mais severo e com temperaturas mais altas que o resto do ano. É o período de férias e viagens dos parisienses, o que deixa a cidade com mais turistas e menos moradores locais. Entre os meses de março e abril e entre os meses de outubro e novembro, são considerados períodos de meia estação, com temperaturas mais frias mas não tão rigorosas como no inverno.

paris

Passeios

Bairros interessantes

Caminhar por Paris é uma experiência inesquecível. Percorrer as ruas, encontrar lojinhas, cafés e participar da vida cotidiana dessa cidade incrível não pode faltar num roteiro de viagem. Entre os bairros mais charmosos está o Marais, considerado uma área de artistas, cheio de bares, restaurantes, boutiques e galerias de arte. Em Montparnasse opte por sentar em um dos muitos cafés e observar o movimento agitado das ruas. A creperia mais famosa de Paris, a Josselin fica nese bairro que também abriga, aos domingos, uma feirinha de arte na Place Fernand Mourlot. Também repleto de bares, cinemas e restaurantes é o Quartier Latin, que por ficar próximo a Universidade de Sorbonne, possui um público jovem e universitário.

Torre Eiffel

O mais importante e conhecido cartão postal de Paris foi inaugurado em 1889 e foi planejado para celebrar o centenário da Revolução Francesa. São cerca de 300 metros de altura, com mais de sete mil toneladas de ferro. Quase oito milhões de pessoas passam pela torre todos os anos e ela pode ser vista de vários pontos da cidade. Nos andares superiores o visitante desfruta de uma das mais belas vistas de Paris, principalmente a noite, quando a cidade se ilumina e vira uma festa de luzes. Lá também é possível encontrar lojinhas de souvenir, café se restaurantes. Para evitar filas é preciso chegar cedo. Os ingressos custam entre 5,00 e 15,00 euros, dependendo dos pisos que se deseja alcançar.

Jardins de Luxemburgo

Localizado entre o boulevard Saint Michel, a rua Vaugirard e a rua Notre Dame des Champs, o Jardim de Luxembourg é considerado um dos mais bonitos de Paris. Uma área imensa, com mais de 22 hectares de passeios, canteiros, árvores, arbustos, lagos e espaços para a prática de esportes. No Palácio funciona hoje o Senado Francês e a arquitetura do local impressiona pela imponência e beleza de seu patrimônio. A rainha Maria de Médicis influenciou a estrutura do parque e mandou construir uma fonte inspirada nos monumentos italianos. Obras de arte e esculturas estão espalhados por toda parte, entre clássicas e contemporâneas, transformando o jardim num verdadeiro museu a céu aberto.

paris

Arco do triunfo

Napoleão Bonaparte mandou erguer o Arco do Triunfo para celebrar os heróis da guerra, mas a obra demorou 30 anos para ficar pronta e foi inaugurada somente no reinado de Luís Filipe. Nas paredes estão gravadas os nomes das batalhas e de vários generais que lideraram os embates. No terraço panorâmico é possível admirar uma vista incrível da Avenida Champs-Elysées, da Torre Eiffel e de outros locais determinantes de Paris. As entradas custam entre 9 e 12 euros.

paris

Champs Elysees

Os franceses dizem que ela é a avenida mais bela do mundo. São quase dois quilômetros de muitas atrações, entre elas, as lojas das grifes mais caras e badaladas do universo fashion. Também há cafés, restaurantes e cinemas com opções para todo tipo de público. Uma das mais famosas confeitarias está localizada neste endereço. A Ladurée é uma badalada loja de doces franceses, que oferece os melhores macarons da cidade.

Uma boa ideia é fazer a pé o circuito Arco do Triunfo – Champs-Elysées – Place de La Concord. No trajeto estão o Petit e o Grand palais, a Ponte Alexandre e Jardin des Tuileries.

Catedral de Notre Dame

catedral gótica de Notre Dame levou 200 anos para ser construída e finalizada. Ela foi palco de vários fatos importantes da história da França como a coroação do Imperador Napoleão Bonaparte e recebe mais de 10 milhões de visitantes de todo o mundo, anualmente. Na área externa da igreja, podem ser encontradas estátuas em forma de pássaros e animais, como as gárgulas e quatro sinos de bronze que ressoam por toda a região. A catedral abre todos os dias do ano e a entrada é gratuita.

paris

Museu do Louvre

Em Paris fica um dos museus mais famosos do mundo, o Louvre, com suas mais de 30 mil obras de arte preciosas como pinturas, esculturas, gravuras e objetos de vários tipos. Seriam necessários vários dias para ver todo o acervo mas o museu possui um site bem atualizado que pode ajudar o visitante a fazer uma seleção prévia do que deseja conhecer. Entre as atrações estão Mona Lisa,de Leonardo da Vinci, na ala Denon, e esculturas como a Venus de Milo, na ala Sully. Também é possível fazer uma visita noturna com mais tranquilidade, pois em dois dias da semana, quartas e sexta, o museu só fecha após as 21:00h.

paris

Aquario de Paris

A gerente de marketing da Casablanca Turismo, Barbara Redes esteve em Paris este ano com a filha de 9 anos e deu uma dica legal para quem viaja com crianças. O Aquário fica no subsolo da estação da Trocadero, perto da Torre Eiffel. Lá existem diversos tipos de animais marinhos como tubarões, por exemplo. São mais de 10.000 espécies reunidos em 3.500 metros quadrados de área.Durante a visita, os visitantes assistem Cineagua ao final, existe um espaço em que as crianças possam interagir com os peixes.

paris

Zoologico de Vincennes

O Jardim zoológico de Paris, também chamado de Zoo de Vincennes, é outra dica de Barbara Redes. Ela diz que é uma atração imperdível para levas as crianças. A proposta do zoo é fazer com que os animais sintam-se em seus ambientes naturais. Para isso foram criadas cinco biozonas: Patagônia, Savana, Madagascar, Guiana e Europa. O espaço dos macacos é um dos pontos altos do circuito. Através dos vidros é possível ver as famílias e as atividades dos macacosO lugar também é ideal também para fazer um programa diferente, como um piquenique. Os visitantes podem levar sanduíches, frutas e sucos para o lanche.

paris

Gastronomia

Paris é identificada mundialmente pelos sabores impecáveis de sua gastronomia. Os produtos são de alta qualidade e a variedade de pratos e apresentações dão o tom dos restaurantes franceses. O talento dos chefs está impresso em iguarias tradicionais como o Blanquette de veau (ensopado de vitela), o Coq au Vin (galinha cozida em vinho tinto), Foie Gras (pasta a base de fígado de ganso ou pato) e as famosas Cuisses de Grenouilles (coxas de rã).

paris

Entre os doces, os franceses são tradicionais na execução de delícias como o Crème brûlée, os Crêpes (panquecas finas), os Macarons e os Mille-feuilles (mil folhas).

– O restaurante Septime é um dos ícones da nova gastronomia francesa. Tem ambiente discreto porém de decoração moderna e discontraída. Atualmente é liderado pelo chef e artista plástico Bertrand Grébaut. A cozinha é aberta para o salão é possível ver o movimentos dos cozinheiros em ação. No jantar, o chef prepara um único menu por dia – com cinco pratos, queijos e sobremesa.

80 rue de Charonne, 75011 – Aberto de segunda a sexta

– O L’Ambroisie é um dos espaços mais famosos e respeitados de Paris. É um restaurante sóbrio e discreto, com decoração minimalista e elegante. O chef Bernard Pacaud, muito festejado pela crítica parisiense trabalha diariamente para oferecer um menu que agrada a todo tipo de paladar com sofisticação e sabor.

9 Place des Vosges, 75004 – Aberto de terça a sábado

– Jules Verne fica no segundo andar da Torre Eiffel e pe um dos restaurantes com a vista mais bacana e tradicional de paris. É uma experiência incrível apreciar a cidade Luz, de um dos seus principais símbolos, degustando um jantar elaborado pelo renomado chef Alain Ducasse.

Avenue Gustave Eiffel, 75007 – Abre diariamente para almoço e jantar.

– Tour d’Argent é um dos mais tradicionais restaurantes de Paris. O serviço é impecável e a cozinha é de qualidade muito superior. De lá se tem uma bela vista da Catedral de Notre Dame e do rio Sena. Uma da coisas interessantes do restaurante é que a especialidade da casa é o pato, servido com um ritual cênico e artístico.

15 quai de la Tournelle, 75005.

Boulangerie Du Pain et Des Idées 

Há que diga que eles fabricam os pães mais saborosos de Paris. A casa tem mais de dez anos de funcionamento e já conquistou o gosto e o paladar exigente dos franceses. responsável pelos sabores e aromas diferenciados é o boulanger Christophe Vasseur. O carro chefe da casa é o pain des amiscom sua casca crocante, interior compacto e macio e com um sabor levemente azedo, provocado pela fermentação natural.

Boulangerie Gontran Cherrier

O Boulanger que dá nome á casa é muito conhecido dos parisienses, quase uma celebridade. Éapresentador de programas de tv, autor de diversos livros e dono de três lojas na capital francesa,em Tóquio e em Cingapura. A padaria é moderna e tem um clima jovem e descolado. Entre as delícias estão novidades como baguete com tinta de lula os buns de páprica e melado usados em diversas hamburguerias e lanchonetes de Paris. Também há uma boa variedade de sanduíches prontos para degustar na hora ou levar para um passeio nos parques.

Confeitaria Carl Marletti

Uma patisserie típica francesa, que tem como carro chefe a tarte au citron (torta de limão). Outra delícia doce é a o Censier, uma massinha feita com açúcar que explode na boca, é surpreendente e perfeita pros amantes de chocolate.

Mas qualquer produto exposto na vitrine será uma boa escolha.

Confeitaria L’éclair de Génie

jornalista Suely Frota, acabou de chegar da Paris e tem uma outra dica imperdível para apreciar os sabores franceses. Essa confeitaria trabalha exclusivamente com um doce típico francês, o éclair. A massa é assada e tem vários sabores de recheio como o vanille et noix pecan (baunilha com noz pecã) e a de caramel au beurre salé (caramelo com manteiga salgada).

Não deixe de fazer – Bicicletas em paris

A contadora Cristina Frota tem uma outra dica interessante para quem tem espírito de aventura e muita disposição.Uma boa ideia é conhecer Paris de bicicleta. A cidade possui ciclovias bem sinalizadas, tem um sistema self-service que agrada os turistas e também os moradores locais. Trata-se do Vélib. São mais de 20 mil bicicletas espalhadas pela cidade e 1.800 estações, localizadas a cada 300 metros uma da outra. Cada estação da cidade possui um totem computadorizado para fazer a operação de retirada e entrega das bikes.

paris

Informações importantes

Para não perder muito tempo nas filas das principais atrações, Paris dispõe de alguns tipos de passes que agilizam as visitas aos principais pontos turísticos. Fale com um dos nossos consultores!

Paris Pass – garante entrada livre e direta nos principais museus e monumentos de Paris, como o Louvre, atrações como cruzeiros pelo rio Sena e tour pela ópera Garnier, além do uso ilimitado de transporte público durante o período de validade do cartão.

Museum Pass – é o cartão ideal para quem deseja conhecer boa parte dos museus. São, ao todo, 60 museus e monumentos, como o Louvre, a Catedral de Notre Dame, o Centro Pompidou, o Palácio de Versailles, entre outros.

Paris Visite Travel Card – ideal para usar o transporte público em Paris. Com ele é possível andar de metrô, trens, ônibus e até pegar o funicular de Montmartre.

Vivencie Paris!

Sharing is caring!

Last modified: 16 de abril de 2018

One Response to " Dicas de Paris: o que fazer, como chegar, quando ir e outras informações "

  1. Socorro Saraiva disse:

    Adorei a matéria bem interessante.
    Socorro Saraiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *