Cruzeiros fluviais – como aproveitar o melhor da gastronomia.

95

Written by:

Poderíamos enumerar infinitos motivos para você se entregar aos prazeres de um cruzeiro, mas dessa vez, vamos apenas tocar no ponto fraco do coração dos apaixonados pela gastronomia.

Já falamos aqui o quanto a gastronomia é um diferencial dos cruzeiros, com bons restaurantes e chefs reconhecidos, a experiência no interior do navio já seria perfeita.

Mas quando falamos em cruzeiros fluviais temos um grande diferencial, como as cidades são ligadas por rios, a distância e o tempo a bordo são reduzidas, permitindo assim que uma passagem de tempo maior em cada cidade, um maior número e cidades e por sua vez, um maiot numero de escapulidas do roteiro para conhecer aquele restaurante escondido indicado por um amigo, ou que você viu em algum blog de confiança.

Roteiros:

Danúbio Azul em Verde e Amarelo

13 dias em cruzeiro fluvial, Budapeste a Praga

Navegar ao longo do Rio Danúbio é uma fascinante experiência. Ao longo do destino, castelos, vinhedos e aldeias históricas estarão diante dos olhos, oferecendo a sensação de que é possível viajar para dentro de quadros.

As janelas panorâmicas das cabines (que se abrem de parede a parede) permitem uma vista inigualável 24hrs por dia. Entre os dez países atravessados, cinco fazem parte da rota do Cruzeiro Avalon Danúbio em Verde e Amarelo: Hungria, Eslováquia, Áustria, Alemanha e República Tcheca. Uma experiência que você vivenciará plenamente, em português. Não apenas: do atendimento às atrações a bordo e aos passeios em terra.

Uma das melhores formas de conhecer a cultura local, é fazendo fugas estratégicas ao chegar em cada destino.

Alexandra Könyváruház (Livraria e Café) (Budapeste)

Dividido em  dois andares, o andar de baixo abriga uma bela livraria, já o superior,  um café charmoso, com cardápio rico e inteiro decorado com lustres luxuosos e teto pintado com afrescos do artista Károly Lotz uma obra de arte conservada até os dia de hoje. . O prédio onde o café-livaria está situado é datado de 1882 e é todo em estilo neo-renascentista e Art Nouveau.

Ruben (Hungria)

Ideal para casais: a decoração é moderna, as mesas são próximas, com velas e meia-luz. Apesar de cheio, o restaurante não era barulhento. Assim que coloquei os pés lá dentro empurrando o mega enorme carrinho de bebê a primeira sensação foi de pânico: “e agora, onde eu coloco essa nave espacial?” – pensei. Felizmente o garçom me indicou um cantinho no caminho para o banheiro, que não era muito longe da nossa mesa.

Bratislava Flagship Restaurant (Eslováquia)

Com decoração rústica, a comida típica da Eslováquia é o carro chefe, a base de batatas e queijo de cabra, ideal para casais o preço é um atrativo a mais.

 

Steirereck  (Áustria)

Para os amantes de ambientes refinados, o restaurante já impressiona ao entrar, a sofisticação está em todos os ambientes, resvalando no atendimento e principalmente nos pratos da alta gastronomia. Opte pelas carnes, são extremamente saborosas, para acompanhar, a casa oferece muitos rótulos de vinhos.
Fischhaus (Alemanha)

Saia do lugar comum dos salsichões e porco, o restaurante especializado em frutos do mar, o local além de charmoso, está próximo ao centro histórico de Düsseldorf. Vale a pena conhecer.

 Lokál (Republica Tcheca) 

Famoso entre os turistas, o lugar é charmoso, gostoso e com ótimo preço o restaurante surpreende aos visitantesm com um ótimo custo benefício, o local oferece também uma excelente cerveja e comidas clássicas da República Tcheca.  No menu estão opções vegetariana e muitas opções de carnes para os carnívoros.

 

Last modified: 1 de novembro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *