Stopover- adicione um destino ao seu roteiro

381

Written by:

Sharing is caring!

Imagine o seguinte cenário: você está indo ou voltando de uma viagem, no meio do caminho tem uma conexão, você desce, fica cerca de 3 noites na cidade, conhece um novo destino, aproveita para um giro rápido e talvez até um novo carimbo em seu passaporte.

Seria o sonho de qualquer viajante? Sim, mas não necessariamente um sonho.
Algumas companhias oferecem esse serviço, chamado de stopover (que pode ter custo adicional, ou não), em diferentes cidades no Brasil e países no mundo.

Como adicionar o serviço:

O serviço depende da companhia aérea que muitas vezes oferecem este tipo de parada como um atrativo em taxas promocionais e só está disponível para compra de passagens ida e volta. O ideal é que você manifeste junto a seu agente o desejo de utilização desse benefício, para que sua rota seja feita a partir das cidade/países que são assistidas (os) pelo serviço.
No Brasil, a LATAM oferece o serviço que podem incluir até 3 destinos como parada, já para países da América do Sul, é o serviço é comumente prestado pela LAN e partindo do Brasil para a Europa, a Tap normalmente oferece paradas em Lisboa e Porto.

 

Vale a pena usar?

Se você planeja conhecer vários destinos gastando pouco, o stopover é uma solução. Uma outra grande vantagem é que viagens longas podem se tornar menos cansativas, uma vez que você pode adicionar uma parada e descansar entre as muitas horas sentadas em um avião.

 

Cidades que podem ser assistidas pelo benefício e empresas aéreas:

TAP em Porto ou Lisboa

KLM em Amstedã

Emirates em Dubai

Japan Airlines em Tokyo ou Osaka

Turkish Airlines em Istambul

Qantas em Sydney

Air China em Beijing ou Shanghai

Etihad em Abu Dhabi

Icelandair em Reykjavík

Singapore Airlines em Singapura

 

Dicas

  • Procure quais empresas usam a cidade escolhida como base para suas operações;
  • Os stopovers são feitos em escalas ou conexões (geralmente em conexões);
  • O período de estadia no destino intermediário varia conforme a companhia aérea;
  • Para ter acesso ao stopover, você precisa verificar antes de sua viagem a disponibilidade. Você não pode simplesmente descer e ficar uns dias na cidade da conexão;
  • É possível que você precise pagar taxas aeropotuárias.

Sharing is caring!

Last modified: 6 de março de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *