Dicas do LV em Paris

1046

Written by:

Sharing is caring!

Paris é uma cidade surpreendente, isso, nem precisamos falar.

Inspirados por este clima de surpresa, e pelo novo voo operado pela Joon, empresa aérea do grupo Air France focada em jovens milleniuns, que passou a operar com voos diretos saindo de Fortaleza para Paris, resolvemos levar o publicitário e digital influencer cearense de gastronomia e viagens, Luiz Victor Torres, para testar o primeiro voo comercial partindo de terras alencarinas.

Luiz Victor, ou LV para os íntimos, é um cidadão do mundo, tem pouca idade, muitos carimbos no passaporte e um sorriso largo. O simpático é na verdade um bom contador de histórias, veja abaixo algumas das preciosas dicas que o instagrammer compartilhou de sua viagem.

Shakesperare and Company

Cenário de famosos filmes, a livraria é especializada em literatura inglesa, um oásis em meio a cidade que arranca um suspiro a cada esquina.

Datada de 1919, sua primeira dona foi a norte-americana Sylvia Beach, que abrigava aspirantes a escritores que iam a Paris com poucos recursos financeiros. Lá poderiam dormir, ler e escrever, tudo em troca de serviços. O que acontece até hoje, mas com turistas ávidos por uma experiência próxima as que tiveram grandes nomes da literatura, como:

Ezra Pound, James Joyce, Gertrude Stein, Ford Madox Ford e Ernest Hemingway, este que usou a livraria como pano de fundo em parte do seu livro Paris é Uma Festa.

“ É um cantinho que guardo no coração e visito toda vez que estou aqui” disse Luiz Victor.

Le Loir dans la Théière

Hábito adquirido quando morou na Califórnia, durante a pós-graduação, LV tornou-se um amante dos brunchs. “ Temos um amor platônico, a gente nunca se encontra em Fortaleza, mas a gente reata quando vai para gringa”

No Le Loir dan la Théière diz ter tido uma ótima experiência de reatar o romance com a refeição. Por um valor baixo, foi possível pedir um brunch completo, com croissant, alguns pães, geleia de frutas, suco, café, manteiga, queijo, presunto e um iogurte.

A cidade convida a passeios a pé e a refeição consegue suprir a necessidade do turista.

Les Deux Magots

A veia boemia do nosso viajante o permitiu conhecer o charmoso lugar. Lá, ele não abre mão de comer um croque-monsieur, acompanhado de uma taça de vinho. Enquanto vê o mundo passar e assim observa o movimento da cidade.

 

 

 

Le Bon Marché Rive Gauche

Local de compras de luxo dos parisienses, o lugar vale a pena para quem tem euros a gastar ou apenas conhecer.

As grandes marcas estão todas dispostas lado a lado com novos designers apostas do mercado de moda. LV disse ter tido uma grata surpresa ao confirmar que o Brasil definitivamente está na moda para os franceses. “Eu vivi para ver um funk tocar no Le Bon Marché Rive Gauche”

 

Odette Paris

A tradicional pâtisserie além de uma experiência única, esconde outra grande curiosidade, que fala sobre sua criação. O francês, chef autodidata, chamado Frédéric Berthy, trabalhava há 15 anos, na área de internet (AOL, Microsoft), abriu a patisserie sonhando criar uma sobremesa única. Que o permitisse compartilhar o sabor dos chás da tarde em volta da mesa da casa da avó. O sonho foi ganhando forma e hoje são 12 sabores diferentes de creme para o recheio dos Choux.

Além de uma história de família. Você encontrará uma infinidade de bebidas a base de café, além do tradicional champangne.

Musée Rodin

Entre os inúmeros museus, o do Rodin talvez seja o mais charmoso de Paris. O museu fica instalado em um histórico prédio conhecido como Hôtel Biron, que conta com um grande jardim.

Inaugurado em 1919, o museu possui o maior acervo do artista. São aproximadamente 300 obras doadas pelo artista ao Estado francês. Além de Rodin, é possível ver obras de Camille Claudel.

Le Pramil

Um típico e charmoso restaurante parisiense. LV diz que sempre que viaja faz um mix entre locais com valores mais acessíveis e locais mais caros, porém com experiência gastronômica.

Le Pramil é um destes restaurantes com menu na porta, onde se espera um valor mais elevado, positiva. Tagliatelle com trufas por 5 euros, que somados a uma taça de vinho, fizeram a experiência única.

Chapel of Our Lady of the Miraculous Medal

Religioso como só ele, o publicitário não poderia deixar de visitar um dos locais mais populares de Paris. A Capela da Medalha Milagrosa (Chapelle Notre-Dame de la Médaille Miraculeuse), é o lugar onde, segundo os católicos, ocorreu a aparição de Nossa Senhora das Graças. É uma das igrejas mais visitadas de Paris, principalmente pelos brasileiros. O prédio que data de 1813 atrai visitantes do mundo inteiro, em busca de um momento de oração e meditação.

É comum que medalhas sejam vendidas pelas redondezas do local servindo aos turistas como suvenir.

La Grande Épicerie

A Disneylândia entre gourmets e gourmands, o local é um dos mais famosos endereços para os amantes da gastronomia. O La Grande Épicerie, pertence à loja de departamentos Bon Marché. O espaço concentra em 3.500m2 tudo o melhor na área gastronômica. São mais de 30.000 produtos, entre eles, uma padaria com mais de 60 tipos de pães, um traiteur, uma pâtisserie, uma épicerie francesa, uma épicerie internacional com produtos originários de vários países, além de restaurante, espaço para frutos do mar.

Lá, LV aproveitou para beliscar e bebericar as delícias, além de se atualizar sobre as novidades do mercado.

Sharing is caring!

Last modified: 2 de junho de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *