Viagem de Trem pela Tailândia

357

Written by:

Sharing is caring!

Você sabia que a forma de transporte mais bem estruturada e comum na Tailândia é a ferroviária? A estrutura do país é bem servida e cortada de trilhos de cima a baixo, além de trens que vão até outros países asiáticos. Se deslocar por vias aéreas pela Tailândia costuma ser barato, e de trem é mais barato ainda. Se você quer saber se a sensação de viajar pela Tailândia de trem vale a pena? A gente te mostra!

Por que viajar de trem?

Provavelmente essa seja uma pergunta que muitos turistas se deparam ao conhecer um país, se eu posso ir de ônibus ou avião, por que eu iria de trem? Bem, além dos motivos econômicos que citamos acima, a experiência de viajar de trem acaba colaborando para uma sensação única de viagem, algo autenticamente tailandês e que aproxima o viajante do estilo de vida dos locais. 

Se você quer observar as paisagens de uma Tailândia rural, as casinhas típicas do país, até mesmo os cachorrinhos correndo a cada vez que o trem parte de cada uma das belas estações, recomendamos esse tipo de viagem. Não precisa se preocupar com a questão de segurança, o transporte é seguro e bem frequentado tanto por turistas quanto por tailandeses. 

Ir de onde para onde?

Os trechos podem variar entre Bangkok – Chiang Mai e Bangkok – Ayutthaya, por exemplo. No primeiro trecho a viagem pode durar cerca de 13h, no segundo trecho, que é para uma cidade mais próxima da capital tailandesa, a viagem tem pouco mais de 1h de duração. 

No trecho até Chiang Mai é necessário que as reservas sejam feitas de forma antecipada, mas para Ayutthaya a passagem pode ser comprada na hora mesmo. 

Quais são as classes disponíveis?

Na Tailândia, os trens se dividem em primeira, segunda e terceira classes. A primeira é que tem um serviço mais especializado e confortável; na segunda existem algumas subdivisões (Sleeper, Seat DRC, Seat Ordinary Express) que explicarei abaixo e a terceira classe, a qual é a mesma dos trens locais. 

A primeira comporta 2 pessoas e possui lençol, toalha, cobertor, ar-condicionado e tranca na porta. Não são todos os veículos que possuem esse tipo de cabine, geralmente somente nos noturnos, e a oferta dessas cabines geralmente fica restrita à apenas um dos vagões do trem. Um funcionário recolhe os pedidos de jantar e serve no próprio vagão.

A segunda classe sleeper pode ter ou não ar-condicionado, as refeições não são servidas no vagão, mas os clientes podem acessar o restaurante, e as camas ficam organizadas uma ao lado da outra no corredor do trem. Na segunda classe DRC as poltronas são inclináveis e um atendente serve refeições no vagão. No seat ordinary express o sistema é parecido com os DRC, mas os trens são mais vagarosos. 

A terceira classe é a mais barata, funciona mais para trens locais e é semelhante aos assentos de metrô tradicionais. 

Recomendações básicas para viajantes

  • Leve seus celulares e demais gadgets eletrônicos carregados e com bateria extra ou algo do tipo, pois, a oferta de tomadas disponíveis nos trens costuma ser bem escassa;
  • Faça coisas que não necessitem do uso de wi-fi, pois os trens não possuem tal tecnologia;
  • Os trens são bem frios, então, para evitar qualquer problema, leve um casaco ou jaqueta com você.

 

Para te ajudar a encontrar as atrações e destinos que mais combinam com o que você mais gosta, a Casablanca Turismo oferta os melhores passeios. Fale com um de nossos agentes e agende já sua próxima viagem!

Sharing is caring!

Last modified: 2 de agosto de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *