Acontece

Volume de atividades turísticas sobe 1,9% em um ano, diz IBGE

O IBGE divulgou hoje um balanço sobre o setor de serviços e, apesar de um cenário geral negativo, as atividades relacionadas ao Turismo tiveram crescimento de 1,9% em relação a maio de 2017. Quando analisadas todas as áreas que prestam serviços no Brasil, o índice mostrou redução de 3,8% no mesmo período.

Este crescimento foi impulsionado, principalmente, pelo aumento de serviços hoteleiros e aéreos. Por outro lado, os restaurantes exerceram influência negativa importante no resultado. O Turismo nacional registrou a segunda taxa positiva seguida neste tipo de confronto, após 14 taxas negativas e uma estável.

Em nove dos 12 Estados onde o indicador foi investigado houve avanço nos serviços voltados ao Turismo, com destaque para São Paulo, que cresceu 4,1% e garantiu sua terceira taxa positiva seguida. Foram os números mais intensos desde dezembro de 2016, quando foi registrado aumento de 7,3%.

Outras contribuições positivas vieram de Minas Gerais, com 5,5%, e de Santa Catarina, com 8,6%. Já os impactos negativos mais relevantes vieram da Bahia, com redução de 8,2%, e do Rio de Janeiro, que teve queda de 1,9%. Foi a 25ª taxa negativa seguida dos fluminenses.

Já na análise entre abril e maio de 2018, o índice de atividades turísticas caiu 2,4%, muito por conta da greve dos caminhoneiros. Nove das 12 unidades da federação estudadas tiveram quedas, como Bahia (-4,9%), Rio Grande do Sul (-4,1%) e São Paulo (-0,6%). Já os avanços vieram de Pernambuco (1,5%), Goiás (2%) e Ceará (0,9%).

Fonte: Marcel Buono – PANROTAS

x

x



x